O governador do Ceará, Camilo Santana, enviou para a Assembleia Legislativa, no último dia 7 de abril, mensagem que prevê novo concurso público para a Polícia Militar (PM). O documento propõe a realização de processo seletivo com 4.200 novas vagas para o cargo de soldado para a corporação até o fim de 2018.

De acordo com Camilo, o objetivo é iniciar a instalação do concurso assim que o processo for aprovado pela Assembleia Legislativa. O concurso permitirá incremento das ações das Unidades Integradas de Segurança (Unisegs); na interiorização da segurança pública, como a instalação de unidades do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), do Batalhão de Policiamento Turísticos (BPTur) e do Batalhão de Divisas; e da segurança externa em unidades prisionais e centros socioeducativos, entre outras atividades.

Segundo o Governo, as novas vagas propostas representam acréscimo de 26,08% ao efetivo atual da PM. “Investir na segurança pública, ampliar e interiorizar a atuação da Polícia é um compromisso pessoal meu. Mesmo em um período de dificuldades financeiras é prioritário dar condições para a construção de um Ceará mais tranquilo e pacífico”, disse o gestor estadual.

A mensagem enviada à Assembleia modifica algumas regras para o ingresso na corporação. Pessoas com menos de 18 anos, por exemplo, poderão se inscrever no concurso, desde que, no início de curso de formação, tenham atingido a maioridade. Já pessoas com mais 30 anos poderão ingressar no curso de formação, desde que no momento da inscrição tenham menos de 30, idade limite para ingresso.

Adaptado, com informações do Jornal OPovo

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA