Projeto de Lei que exige curso superior para ingresso na PM tramita na Câmara Federal

5
1209

Projeto de Lei que exige curso superior para ingresso na PM tramita na CAmara Federal

O Projeto de Lei nº 4682/2016 – que altera o Decreto 667/69 e reorganiza as polícias e bombeiros do país, estabelecendo carreira única para ambas as corporações – está em trâmite na Câmara Federal. A proposta é bem polêmica, já que também quer exigir que o ingresso (na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros) seja feito apenas por candidatos com curso superior.

Elaborada pela Associação Nacional de Entidades Representativas de Militares e Bombeiros do Brasil- ANERMB, a matéria ainda precisa ser debatida por comissões competentes para depois passar por discussão no Plenário da Casa. Parlamentares, além de oficiais das Policiais Militares de todo o país, demostram apoio favorável ao projeto. O que você, leitor do site, acha da proposta? Responda nossa enquete abaixo!

[yop_poll id=”1″]

5 COMENTÁRIOS

    • Eu não tinha condições de pagar uma faculdade, por isso, estudei feito.um fdp pra passar em uma pública. Eu ingressei no ensino superior em 2008. Na época, as vagas ofertadas pelo prouni eram quase 90% menores do que as ofertadas hoje. Não havia sisu, o fies era inviável, não havia pronatec e as vagas em.universidades federais não excediam 30 vagas. Hoje em dia, uma pessoa não fazer faculdade é um disparate, não adianta vir com desculpas, o governo tem garantido tantos instrumentos. Hoje nós temos um prouni com bem mais de 100 mil vagas, temos sisu, o fies, mesmo com o aumento dos juros, continua acessível a todos, temos bolsas institucionais nas faculdades privadas pra quem fez o enem, temos as universidades estaduais, temos pronatec, temos faculdades públicas de áreas específicas… E ainda por cima, as universidades públicas, principalmente as federais, dispõem de mais de 100 milhões de reais/ano pra investirem em programas de bolsas permanência e de iniciação científica que, nada mais nada menos, pagam o aluno para que ele só estude. Eu conheço pessoas que recebem mais de dois salários mínimos só pra estudar. Há leis de incentivo ao estágio, enfim… Só não faz faculdade quem não quer. Pare de desculpas e vá estudar, filho… Faça o enem.

  1. Tá passando da hora de pensarmos em uma polícia diferente. Carreira única, fim do limite de idade ou, ao menos um limite que seja mais razoável, alguns estados limitam o ingresso aos 26 anos… Hoje em dia, um homem de 40 anos, muitas vezes está muito mais disposto do que um garoto de 20 e, ainda por cima, mais experiente, o.que possibilita que ele traga algumas sugestões e propostas novas para a corporação. Eu defendo ainda que o comando seja escolhido por voto dos militares, ao invés de indicação do governador e que possa ser qualquer dos militares com mais de 20 anos de corporação, praça ou oficial. Quero ver se isso não acaba com as politiquices que a pm sofre. No Goiás, os coronéis tão vendo o que o governador está fazendo com as polícias do estado, querendo pagar menos que dois salários mínimos ao policial em início de carreira por cinco anos e os caras não falam nada. Estão mais preocupados com a própria promoção, querendo pegar comandos de batalhão e a pm que se foda… Isso tem que acabar.

  2. Sou favorável ao aumento de idade para ingresso na polícia militar e corpo de bombeiros,isso porque além de melhora e muito os níveis de segurança também vai dar uma grande diferença na taxa de desemprego no país, até porque não é tão fácil encontrar alguém com menos de trinta anos que tenha curso superior e queira adentrar a carreira de bombeiro ou policial militar,mesmo porque as forças armadas (exército , marinha e aeronáutica) também disponibilizam desde recurso e formam uma quantidade considerável de pessoas.Aqui no estado do Rio Grande Do Sul a taxa de violência tem crescido muito, não vejo melhor solução que esta, a de aumentar a idade limite para PM para esse caso

DEIXE UMA RESPOSTA