PMPR terá concurso este ano devido Reforma da Previdência

A Reforma da Previdência proposta pelo atual governo, aliada ao impasse sobre a inclusão dos militares, vai obrigar o Governador do Paraná, Ratinho Junior, a realizar um novo concurso o mais depressa possível.

O fato é que, a situação toda tem causado um grande alarde na tropa Policial Militar no Paraná. Quase todos os policiais militares que já possuem 25 anos de serviço vão pedir a reserva (aposentadoria) antes da aprovação da reforma previdenciária.

Por que 25 anos?

A Legislação Estadual vigente permite que aquele Policial Militar, que cumpriu sua missão, passou milhares de noites acordado, entrou em locais insalubres, correu riscos de se contaminar com doenças diversas, colocou a vida em risco simplesmente por usar a farda, se aposente com 25 anos de contribuição. A reforma da previdência pode colocar fim a esta gratificação e por isso um numero muito grande de PMs estão procurando a P1 de sua unidade para pedir a baixa enquanto ainda podem.

O impacto das aposentadorias

O impacto do impasse na reforma na previdência é a diminuição mais rápida do efetivo já baixo no Estado do Paraná. As cidades menores do interior do estado vão notar mais rapidamente a falta de policiais e se não houver um novo concurso imediatamente VAI FALTAR POLICIAIS. Há cidades em que apenas um policial militar, sozinho, faz turnos de 24 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário